Assédio moral é uma conduta abusiva, intencional, frequente e repetida, que diminui, humilha, oprime, constrange e desqualifica uma pessoa ou um grupo, rebaixando as suas condições de trabalho, atingindo a sua dignidade e colocando em risco a sua honra pessoal e profissional.
Assédio sexual consiste em constranger alguém, como cantadas e insinuações, com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual. Tem um efeito desfavorável no ambiente de trabalho ou consequências prejudiciais no plano do emprego para as vítimas.